Vais lembrar de mim

By 02:24 , ,

Não vai precisar me olhar para ver
Quando olhar para a tatuagem que eu sempre quis fazer, no corpo de outra, você vai lembrar de mim. Por cada garota de cara fechada por quem passar, vai lembrar de minhas sobrancelhas franzidas. Cada vez que ouvir uma risada escandalosa e não muito bonita, vai lembrar da minha.
Quando ler meu signo, sem querer no jornal, vai correr os olhos pelo resto e decidir que precisa ler. Cada garota de olhos cor dos meus que demorar-se nos seus, vai fazer lembrar das inúmeras trocas de olhares, e até mesmo minutos em que passamos divagando um nos olhos do outro, ou apenas imersos nas ações sem que percebesse.
Toda a vez que minha banda favorita tocar na rádio, ou estiver em alguma publicação do facebook, vai lembrar da minha loucura de fã adolescente e, principalmente, das letras. Quando passar em frente a uma livraria e ver meu título favorito exposto, ou cruzar com uma garota na universidade carregando meu autor predileto, ou mesmo quando uma garota lhe disser exatamente o que pensa sobre tudo, menos sobre o que sente, vais lembrar de mim.
E não me leve a mal, mas eu espero, sinceramente, que conheça alguém com meu perfume e meu sorriso, que, no entanto, falte meu jeito de te olhar. Só pra você saber que eu fiquei aqui, no passado, mas estou em cada passo de seu futuro, nas pequenas coisas que guardou de mim sem querer, sem reparar, sem precisar...
A pena é que sejam apenas lembranças e imagens, porque eu fiquei aqui, mas já tinha um pouco de mim em ti.

— Bruna Elisabete Faé Barp




Foto: We heart it

6 comentários

  1. Shoooooow! Muito lindo, simples e doce. Parabéns, continue com esses texfos que exalam doçura.

    www.martinhabarreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeira vez que alguém classifica meus textos como "doces", mas adorei hahahhahah
      Muito obrigada Martinha, beijinhos!

      Excluir
  2. Que texto maravilhoso. Cara, você tem muito talento. Parabéns!!!!!!!!
    Você dar uma olhadinha no meu blog ? Obrigada
    www.msaliceoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHAHAHAH Alice, muito obrigada! ♥
      Dou sim, beijinhos.

      Excluir
  3. Oie de novo Bru,
    Quem nunca? Depois de ler esse belo texto é a única coisa que me vem a cabeça. A esperança de ver pedaços nossos no caminhar de quem se foi. E por que não? Quem de nós não desejou a vingança silenciosa da saudade para quem partiu? Assim fiz eu.
    Bjoks
    Achei as Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH Lu! "Quem nunca?" boa pergunta!
      Beijinhos da Bru!

      Excluir